Bispo Macedo e Presidente Bolsonaro se encontram no Solo Sagrado

Acompanhado pelas esposas, eles tiveram um longo diálogo de fé

Por Redação Unigrejas 01/08/2022 - 15:58 hs

Foi inaugurado neste domingo, 31 de julho, o Solo Sagrado, novo templo da Universal em Taguatinga (DF).

A inauguração foi feita pelo Bispo Edir Macedo e contou com a presença de milhares de participantes, incluindo autoridades como o presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle, os ministros Carlos França (Relações Exteriores), Ronaldo Bento (Cidadania), Cristiane Britto (Mulher, Família e Direitos Humanos), José Carlos Oliveira (Trabalho e Previdência), além da ex-ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos),o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), o deputado federal e presidente nacional do partido Republicanos, Marcos Pereira, entre outras lideranças políticas e religiosas.

Em um espaço reservado, o presidente Jair Bolsonaro, o Bispo Edir Macedo e suas respectivas esposas, se encontraram e tiveram uma longa conversa em particular.

O Bispo falou sobre a importância de manter a fé, perseverança e coragem para enfrentar os desafios desta nação.

Na ocasião, o presidente e a primeira-dama foram presenteados com o mais novo livro do Bispo Macedo, Segredos e Mistérios da Alma. Inclusive, o Bispo também fez questão de ressaltar a necessidade de priorizar o cuidado com a alma, antes de qualquer outra coisa neste mundo.

“Se a alma estiver bem, se dentro estamos bem, teremos condições de enfrentar qualquer situação”, declarou o Bispo Macedo.


O diálogo entre o Bispo e as autoridades foi visto como mais um importante estreitamento dos evangélicos com o presidente Bolsonaro, que se prepara para concorrer à reeleição.

Para o presidente da União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos (Unigrejas) essa inauguração tem uma importância espiritual muito grande.

“Em Brasília fica o coração do Brasil, a sede do poder legislativo, executivo e judiciário. Todas as decisões tomadas aqui vão influenciar todos os mais de 220 milhões de brasileiros. Portanto, um local de oração com toda esta grandeza na capital do Brasil colabora para estabelecer o Reino de Deus nesta nação.”