Nova lei ameaça a liberdade de expressão online dos cristãos no Reino Unido

E pode ter consequências negativas. Entenda a situação

Por Redação 15/06/2022 - 17:11 hs
Foto: pressfoto

No Reino Unido, a liberdade de expressão está ameaçada, devido à Lei de Segurança Online do governo. Ainda que tenha sido criada com o intuito de inibir conteúdos ilegais e prejudiciais, sua abordagem representa uma grande ameaça à liberdade de expressão online que pode ter consequências negativas para os cristãos.

O que você precisa saber:

O projeto de lei irá proteger apenas o que é favorável para o Estado.

O projeto de lei confere poderes às empresas de tecnologia para que possam decidir o que é “legal, mas prejudicial”.

“O projeto de lei apresenta claramente um exemplo de crescente invasão do estado no que podemos e não podemos dizer online. Isso, inevitavelmente, afetará a comunicação de todos os tipos offline também”, explicou o Carys Moseley, em um artigo publicado no site Christian Concern.

Quadro geral:

Como pontuado acima, as preocupações sobre as restrições que serão impostas por meio dessa legislação são crescentes.

“Ter regras mais rígidas para comunicação online do que em qualquer outro lugar é um problema sério em uma sociedade onde as pessoas passam tanto tempo online e onde relacionamentos significativos são formados lá”, ressaltou Moseley.


E o que acontece no Reino Unido, também tem afetado outros países. Na China, por exemplo, o governo começou monitorando conteúdos online e hoje restringe veementemente qualquer conteúdo cristão na internet, que não esteja associado aos princípios comunistas do país. Além disso, cultos realizados online também são proibidos. 


O que analisar:

Essa realidade mundial prova que os cristãos não podem se abster do seu papel como cidadão e precisa entender o quanto a política influencia nas suas vidas. Pois, é através dela que leis são criadas, capazes de proibir o seu direito de ser cristão e expressar a sua fé livremente. 


 “A verdade é que, por mais que uma pessoa diga que não quer se envolver com política, a política se envolve com tudo o que diz respeito à vida dela”, destacou o Bispo Adilson Silva, durante uma edição do programa Entrelinhas, que debateu o assunto “política e religião”.