Perseguição religiosa no Canadá?

A Unigrejas entrou em contato com pastores no Canadá para confirmar os fatos

Por Dayane Alves 21/07/2021 - 11:00 hs
Foto: GETTY IMAGES/BBC NEWS
Perseguição religiosa no Canadá?
Centenas se reuniram em uma vigília no local da antiga Escola Residencial Indiana Marieval

Após viralizar uma mensagem no WhatsApp que igrejas estavam sendo completamente incendiadas no Canadá, a Unigrejas entrou em contato com pastores no Canadá que nos informou o que realmente aconteceu. 


A mensagem dizia o seguinte:  

"Igrejas estão sendo completamente incendiadas no Canadá em uma 'onda de crimes de ódio contra a igreja'!  

Nas últimas semanas, uma série de incêndios criminosos ocorreram em igrejas e estátuas foram destruídas em todo o país. Pelo menos 20 igrejas no Canadá foram queimadas ou vandalizadas."  

 

Entenda o caso 

Nos anos 70, escolas dirigidas pela igreja católica chamadas “Residential Schools” acolheu crianças indígenas no Canadá. Na época, houve suspeita de maus tratos, mas nada foi provado.  


Recentemente, 750 sepulturas anônimas foram encontradas no local onde funcionava um internato para estudantes indígenas administrado pela Igreja Católica, menos de um mês após restos mortais de 215 crianças terem sido encontrados em outro centro semelhante. 


Devido a este escândalo, 4 igrejas católicas em terras indígenas no interior de British, Columbia, foram queimadas. 


No entanto, a mensagem que viralizou dizendo que 'onda de crimes de ódio contra a igreja' não tem relação nenhuma com perseguição cristã ou igreja evangélicas. 


O chefe da Federação de Nações Indígenas Soberanas, Bobby Cameron, descreveu a descoberta como "um crime contra a humanidade".  

A descoberta chocou o Canadá e reabriu o debate sobre essas instituições para onde as crianças indígenas eram enviadas para serem assimiladas à cultura dominante.