Subiu o número de brasileiros que voltaram a frequentar a igreja durante a pandemia

Entenda a importância de se reunir para a manutenção da fé

Por Redação Unigrejas 12/01/2021 - 21:49 hs
Foto: Demetrio Koch

Pesquisa divulgada pelo PoderData, divisão de estudos estatísticos do Poder360, em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes, no último sábado (9), mostrou que o número de brasileiros religiosos que voltaram a sair de casa para ir aos cultos presenciais subiu para 32%.

Em outubro de 2020, apenas 14% das pessoas com alguma religião estavam indo aos templos. 

A coleta dos dados para a pesquisa foi feita por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 518 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A importância de ir à igreja

Em recente entrevista à Folha Universal, o presidente da União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos  (Unigrejas), Bispo Eduardo Bravo, fez um alerta àqueles que acreditam que apenas assistir aos cultos em casa seja suficiente para a manutenção da fé: “alguns prefeitos diziam ‘ore em casa, assista ao culto em casa on-line’. Eu posso orar em casa e posso  ver o culto online, mas algumas pessoas não têm condições de orar sozinhas, outras não têm acesso à internet ou leem a Bíblia e não entendem, pois sua mente está perturbada. Muitas pessoas precisam que alguém explique a elas, ore por elas e converse com elas”.

Jesus nos deixou ensinamentos valiosos a respeito desse assunto. “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.” (Mateus 18:20).

Também em Atos 1 Jesus pediu para que os discípulos se reunissem no mesmo lugar, até que recebessem o Espírito Santo.

Diante dessas exortações é preciso entender que a igreja física é essencial para aprender a evolução no caminho da fé. “É fundamental para você ser corrigido, exortado, estimulado a dar frutos e a desenvolver os dons. Viver longe dessa comunhão é o mesmo que separar o peixe da água, o sangue do corpo, as nuvens do céu ou Cristo de Sua Igreja”, alertou o Bispo Macedo em seu blog.

Por mais que assistir às reuniões pela televisão, rádio ou internet seja uma alternativa para a impossibilidade de comparecimento, não há nada melhor do que estar unido com pessoas da mesma fé.