Marcelo Crivella entregou 86 novos equipamentos ao Hospital Municipal Evandro Freire

A unidade recebeu 33 respiradores, 33 monitores, oito focos cirúrgicos, seis aparelhos de anestesia, quatro de eletrocardiograma e dois de ultrassonografia

Por Prefeitura do Rio 28/07/2020 - 08:48 hs
Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, entregou, nesta segunda-feira (27/07), 86 novos equipamentos para modernização tecnológica do Hospital Municipal Evandro Freire (HMEF), na Ilha do Governador. A unidade recebeu 33 respiradores, 33 monitores, oito focos cirúrgicos, seis aparelhos de anestesia, quatro de eletrocardiograma e dois de ultrassonografia.  

Os equipamentos foram adquiridos na China e são fruto de um investimento de mais de R$ 370 milhões da atual gestão para estruturar e modernizar as unidades municipais de saúde. Foram comprados mais de 18 mil itens, entre eles 27 tomógrafos – um deles foi instalado na unidade e já realizou mais de 4 mil exames.

– Nunca foi feito no Brasil um edital internacional para compra de equipamentos médicos. Muita gente achou que não ia dar certo o modelo que propusemos, com 15% de sinal, 5 anos para pagar e sem juros. E ainda exigimos que a empresa se instalasse aqui para fazer a manutenção e instalação dos equipamentos. E foi a mão de Deus. A empresa veio e nos mandou 6 aviões e 3 navios: 170 toneladas de equipamentos – disse Crivella.

Combate à Covid-19

Durante a pandemia de coronavírus, o Evandro Freire dedicou 40 leitos, sendo 30 de enfermaria e 10 de UTI para atendimento de casos suspeitos ou confirmados da doença. Desde abril já foram internadas 977 pessoas e, atualmente, há sete pacientes em tratamento por covid.

Além do Evandro Freire, já receberam os equipamentos comprados recentemente para modernização do parque tecnológico os hospitais Ronaldo Gazolla, de campanha, Barata Ribeiro, Miguel Couto, Salgado Filho, Rocha Faria, Pedro II, Lourenço Jorge, Rocha Maia, Jesus, Francisco da Silva Telles, Albert Schweitzer, Souza Aguiar, Nossa Senhora do Loreto, Piedade, as maternidades Leila Diniz, Fernando Magalhães e Maria Amélia Buarque de Hollanda e os Cers Barra, Leblon e Centro.

Evandro Freire: referência no atendimento ao trauma na Ilha do Governador

O Hospital Evandro Freire foi inaugurado em 2013 e é a referência na Ilha do Governador para o atendimento de emergência, em especial os casos de trauma. Integrado ao hospital, o Centro de Emergência Regional (CER) ocupa o primeiro andar, com acolhimento, classificação de risco, consultórios e leitos para o atendimento nas especialidades de clínica médica, cirurgia geral, ortopedia e Saúde Mental, além apoio dos cuidados intensivos na UTI da unidade. O centro cirúrgico é composto por quatro salas e cinco leitos de recuperação pós-anestésica. A unidade tem ainda um centro de imagem equipado com um novo e moderno tomógrafo, comprado pela atual gestão, e que já está em funcionamento desde janeiro de 2020. O hospital atende em média cinco mil pacientes e realiza 150 cirurgias por mês.

Quem foi Evandro Freire?

Nascido em Miracema, Rio de Janeiro, em 1931, o médico-cirurgião Evandro Costa da Silva Freire dedicou a maior parte de sua carreira ao serviço público. Morador desde 1970 da Ilha do Governador, formou-se pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – então Universidade do Brasil – em 1954 e poucos anos depois já era professor na Faculdade de Medicina.

Especializado em Cirurgia Geral, foi chefe da equipe de Emergência do Hospital Estadual Getúlio Vargas e integrou o corpo clínico do Departamento de Cirurgia Geral do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho. Membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Evandro Freire recebeu, em 1998, o título de “State Faculty” do American College of Surgeons, por ter alcançado a performance máxima no “Advanced Trauma Life Suport” (ATLS). Cirurgião reconhecido, teve mais de 100 trabalhos publicados em revistas médicas nacionais e estrangeiras. Faleceu em 6 de outubro de 2011.